Nota de Repúdio do MPB pela invasão da ALRS.

Nota de Repúdio

A diretoria do Movimento Parlamentarista Brasileiro - MPB repudia de forma veemente a invasão da Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul por vândalos que se dizem estudantes, que bloquearam a entrada de pessoas na Casa do Povo e impediram a realização da 4ª Reunião Mensal, onde aconteceria a palestra da Cientista Política Fernanda Barth com o tema - O Fim da Hegemonia Petista e a Construção do Discurso Liberal.
O Parlamento é um local de debates e de diálogo que não combina com atitudes violentas, antidemocráticas e ditatoriais. Esses estudantes não são democratas, não aceitam opinião contrária e fazem o que dizem abominar. Sequer a ditadura militar chegou tão longe no que se refere a impedir o livre acesso ao Parlamento. O MPB não aceita essa agressão ao Estado de Direito e ao livre exercício da cidadania. Os movimentos sociais devem obedecer a legislação e a ordem e os invasores devem dar as devidas explicações à sociedade brasileira.

Diretoria do Movimento Parlamentarista Brasileiro

 

.....................

Em consequência do impedimento de acesso à ALRS no dia 13/06, a palestra da Cientista Política Fernanda Barth foi remarcada para o dia 27 de junho ás 18hs no mesmo local, 3º andar da ALRS, Sala Salzano Vieira da Cunha.

Segue algumas fotos do movimento que bloqueou o acesso externo a a ALRS no dia 13 de junho de 2016.

http://www.parlamentarismo.com.br/exibeGalerias.php?i=235

 

Endereço Provisório: Rua Barão do Triunfo, 576/405 - Porto Alegre/RS Cep 90.130-101
Telefone: 51 3217.7603 / 51 8134.9781
E-mail: parlamentarismobrasil@gmail.com