Parlamentarismo na Espanha resolverá crise política semelhante a brasileiras, com novas eleições e dissolução do Parlamento, depois de 6 meses das últimas eleições.

Observe a vantagem do Parlamentarismo ante o presidencialismo de coalizão vigente no Brasil. Como no Parlamento os parlamentares eleitos não conseguiram compor uma maioria, o Chefe de Estado, no caso da Espanha é um Rei, dissolveu o Parlamento e convocou novas eleições para o povo se manifestar quem deve representá-los. Tudo feito sem conflitos e desgastes econonômicos ou de conflitos de porte como aqui, e dentro de um mes ocorre nova eleição. Se não se entenderem novamente, outra eleição será convocada. A perda de apoio da maioria, sempre desemboca em crises, caracterítica das democracias. Só que o país não irá parar, a economia não se deteriorará como acontece quando o chefe de Estado e Governo - no regime presidencialista,  perde sua base de apoio majoritário no Congresso, e que por falta de um mecanismo que garanta sua substituição por esse motivo inconciliável.

Endenda como a Espanha esta enfrentado esse momento de mudança de chefia de governo com nova eleição, acessando o link abaixo.  

 

http://www1.folha.uol.com.br/mundo/2016/05/1767213-rei-da-espanha-dissolve-o-parlamento-e-convoca-novas-eleicoes-para-junho.shtml

Endereço: Rua Gomes de Freitas ,256/201 - Porto Alegre/RS. CEP 91380-000
Telefone: 51 3217.7603 / 51 98144.2288
E-mail: parlamentarismobrasil@gmail.com