LISTA DE TODOS OS PRIMEIROS MINISTROS DO BRASIL
Por Winkipedia
10/01/2000

Lista de primeiros-ministros do Brasil

 Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Para ver as citações bibliográficas e fontes, além das fotografias ou gravuras dessas personagens históricas, acesse ao site:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Lista_de_primeiros-ministros_do_Brasil

 

Esta é uma lista de primeiros-ministros do Brasil, que durante dois períodos na história política do país dirigiram o gabinete em um sistema parlamentar de governo. O primeiro sistema parlamentar foi criado pelo imperador D. Pedro II, em 1847, mantido durante os últimos 42 anos do período imperial. A segunda ocasião em que um sistema parlamentar foi posto em prática ocorreu durante o governo do presidente João Goulart em 1961, devido a uma emenda constitucional aprovada por seus adversários antes do início de seu mandato. Esta segunda experiência parlamentar foi de curta duração, sendo o sistema de governo presidencial restaurado em um plebiscito nacional de 1963. 

Entre 1847 e 1889 o titular do cargo foi oficialmente denominado "Presidente do Conselho de Ministros", referido pela imprensa normalmente como "Presidente do Gabinete". Pela Constituição Política do Império do Brasil, o chefe do Poder Executivo era o Imperador.

 O cargo de Presidente do Conselho de Ministros foi criado pelo decreto nº 523, em 20 de julho de 1847, sendo que este regime parlamentarista jamais foi inserido na Constituição imperial. Os gabinetes ministeriais que existiram de 1840 até 1847 não contavam com a figura do Presidente do Conselho. O número de ministros era pequeno, para os padrões brasileiros atuais, eram 6 os ministérios, sendo que, em 1860, foi criado o sétimo ministério pelo Decreto Legislativo n. 1.067 de 28 de julho de 1860, a Secretaria de Estado dos Negócios da Agricultura, Comércio e Obras Públicas.

 A duração do Gabinete dependia do respaldo que o mesmo tinha na Câmara dos Deputados e do apoio do Imperador. Se a Câmara do Deputados se incompatibilizasse com o Gabinete, cabia ao Imperador ou dissolver o gabinete ou dissolver a Câmara. Houve 32 gabinetes neste período parlamentarista do império brasileiro, de 1847 a 1889, com a presença da figura do presidente do Conselho de Ministros.[4] A média de duração de cada Gabinete era menos de 2 anos.

 

O Senado era composto por senadores vitalícios nomeados pelo Imperador, depois de eleitos em lista tríplice.

 Nº   NomeImagem     Investidura     Partido    Duração     Referências

 

1    Manuel Alves Branco  Manuel Alves Branco.jpg    20 de julho de 1847Liberal    232 dias  

 

2    José Carlos Pereira de Almeida Torres

Visconde de Macaé      8 de março de 1848     84 dias   

 

3    Francisco de Paula Sousa e Melo  31 de maio de 1848   121 dias    

 

4    Pedro de Araújo Lima Visconde de Olinda    29 de setembro de 1848Conservador     1 anos e 7 dias

 

5    José da Costa Carvalho Visconde de Monte Alegre   6 de outubro de 1849    2 anos e 218 dias   

 

6    Joaquim José Rodrigues Torres      11 de maio de 18521 anos e 118 dias   

 

7    Honório Hermeto Carneiro Leão Marquês do Paraná          6 de setembro de 1853 2 anos e 363 dias    

 

8    Luís Alves de Lima e Silva Marquês de Caxias          3 de setembro de 1856 243 dias  

 

9    Pedro de Araújo Lima Marquês de Olinda de maio de 1857 1 anos e 222 dias   

 

10   Antônio Paulino Limpo de Abreu Visconde de Abaeté       12 de dezembro de 1858 241 dias  

 

11   Ângelo Moniz da Silva Ferraz    10 de agosto de 1859  1 anos e 204 dias   

 

12   Luís Alves de Lima e Silva Marquês de Caxias de março de 1861     1 anos e 83 dias    

 

13   Zacarias de Góis       24 de maio de 1862     Liga Progressista    6 dias    

 

14   Pedro de Araújo Lima  Marquês de Olinda          30 de maio de 1862   1 anos e 230 dias    

 

15   Zacarias de Góis      15 de janeiro de 1864 229 dias

 

16   Francisco José Furtado     31 de agosto de 1864  Liberal    254 dias  

 

17   Pedro de Araújo Lima Marquês de Olinda    12 de maio de 1865   1 anos e 83 dias    

 

18   Zacarias de Góis     3 de agosto de 1866  1 anos e 348 dias

 

19   Joaquim José Rodrigues Torres Visconde de Itaboraí  16 de julho de 1868   Conservador     2 anos e 75 dias    

 

20   José Antônio Pimenta Bueno Visconde de São Vicente  29 de setembro de 1870     159 dias  

 

21   José Maria da Silva Paranhos Visconde do Rio Branco 7 de março de 1871   4 anos e 110 dias   

 

22   Luís Alves de Lima e Silva Duque de Caxias   25 de junho de 1875     2 anos e 194 dias   

 

23   João Lins Vieira Cansanção de Sinimbu Visconde sinimbu    5 de janeiro de 1878 Liberal    2 anos e 83 dias    

 

24   José Antônio Saraiva 28 de março de 18801 anos e 299 dias   

 

25   Martinho Álvares da Silva Campos 21 de janeiro de 1882 163 dias

 

26   João Lustosa da Cunha Paranaguá Visconde de Paranaguá      3 de julho de 1882   325 dias

    

27   Lafayette Rodrigues Pereira    24 de maio de 1883   1 anos e 13 dias

 

28   Manuel Pinto de Sousa Dantas    6 de junho de 1884   334 dias

 29   José Antônio SaraivaConsº. Saraiva. 6 de maio de 1885    106 dias

30   João Maurício Wanderley Barão de Cotejipe 20 de agosto de 1885 Conservador     2 anos e 203 dias

 31   João Alfredo Correia de Oliveira      10 de março de 1888  1 anos e 89 dias 

 32   Afonso Celso de Assis Figueiredo Visconde de Ouro Preto 7 de junho de 1889   Liberal    161 dias

  

Governo parlamentar no Brasil República (1961 à 1963)

 Durou de 8 de setembro de 1961 a 24 de janeiro de 1963, portanto um ano, quatro meses e dezesseis dias exatos, quando João Goulart era o Presidente do Brasil. Após 24 de janeiro de 1963, foi restabelecido o regime presidencialista, que se estende até a atualidade.

 

Nº   NomeImagem     Investidura     Partido político     Duração     Referências

1    Tancredo Neves    8 de setembro de 1961     Partido Social Democrático PSD  307 dias  

2    Francisco Brochado da Rocha   12 de julho de 1962   68 dias   

3    Hermes Lima     18 de setembro de 1962     Partido Trabalhista Brasileiro

PTB  128 dias  

 

Endereço Provisório: Rua Barão do Triunfo, 576/405 - Porto Alegre/RS Cep 90.130-101
Telefone: 51 3217.7603 / 51 8134.9781
E-mail: parlamentarismobrasil@gmail.com